Print this page
Passos a Passos

Emergência na coloração! Ombré deu errado

Quinta, 16 Abril 2015 22:41

Uma emergência de cabelo - o ombré saiu terrivelmente errado e é necessário um profissional para salvar o dia! Deanna Hughes, colorista do salão Di Rosa Haircare, em Nova York, foi a sortuda colorista que transformou o desastre em desejável e, provavelmente, ganhou um cliente para o resto da vida.

 "Nossa nova cliente veio pedir ajuda. Ela pediu um ombré em outro salão na noite anterior e foi isso que ela recebeu. Mas quando veio ao meu salão estava prestes a chorar. Eu sabia que precisava fazer muitas perguntas para ganhar sua confiança e garantir que atenderia suas expectativas", diz Deanna.

Para um serviço de correção de cor, Deanna aconselha fazer as seguintes perguntas:

1. Quando foi a última vez que fez coloração? 

2. O que incomoda mais em seu cabelo? 

3. O que você gosta em seu cabelo? 

4. Quais produtos você usa em casa? 

5. Com qual frequência você pode vir ao salão para manutenção?

"É muito importante não exagerar na promessa ao fazer correção de cores. Se prometer , vai ter de entregar, diz o ditado", diz Deanna. "Algumas vezes, a correção de cores pode levar mais de uma sessão e é importante informar isso ao cliente. O fator chave é manter a integridade do fio. Não basta a cor estar perfeita, a textura e a saúde do cabelo também precisam estar dentro do que o cliente espera”. 

Como foi feita a correção da cor no salão americano:

A raiz do cabelo foi refeita. Depois foi usado clareador com 20 volumes para remover o pigmento laranja e fazer o ombré. A aplicação foi cuidadosa para garantir cobertura e saturação e ao mesmo tempo dar suavidade à linha dura criada na passagem dos tons. No comprimento foi aplicada a mesma coloração da raiz. Para finalizar, foi usado um matizador.

 

 





  •  

Related items