top news

Educação

Cabelo e Suas Histórias: O maravilhoso Marcel

Quinta, 16 Abril 2015 22:24

O inventor dos frizadores de cabelo que levam o seu nome, definiu a moda do final do século XIX e início dos XX e ficou conhecido como: 'Marcel Wave' ou simplesmente 'Marcelling'.

Apelidado de "Le Roi" (o rei) por seus colegas e vários clientes, o cabeleireiro francês Marcel Grateau tornou-se famoso no final do século XIX por inventar o frizador que eram conhecidos pelo seu nome. 

Em 1882, quando tinha 30 anos de idade Marcel patenteou sua invenção revolucionária e foi rapidamente conquistando o mercado de cabeleireiro na França, e depois em toda a Europa. Na verdade, o seu famoso ferro de cachear continuou sendo utilizado há décadas e com apenas algumas variações e melhorias, o que demonstra o quão bem sucedido sua idéia era! 

A inspiração veio de família: a mãe de Marcel tinha cabelo ondulado natural e seu filho decidiu inventar alguns ferros que imitavam suas belas ondas de cabelo. Desta forma, ele pensou em como ele poderia moldar ferros e dar-lhes diferentes espessuras, dependendo do tamanho da onda que você desejava obter, e voilá! O primeiro passo para a glória!

O 'Marcel Wave' começou a ficar famoso durante a Belle Époque, entre o século XIX e XX, na França, e continuou marcando o mundo da moda há cinco décadas! Marcel começou a trabalhar em uma pequena sala, nos arredores de Paris e acabou muito bem sucedido.  

A beleza do 'Marcel Wave' começou a se espalhar em torno de Paris e centenas de clientes queriam a novidade. Inicialmente Marcel decidiu manter em segredo a sua técnica, só ele sabia como utilizar e realizava os seus serviços em uma sala fechada. Durante 15 anos, entre 1882 e 1897, Marcel cobrava 500 francos para ondular o cabelo, quando seus colegas só conseguiu faturar entre 10 e 20 francos com o serviço! 

Uma vez que ele conseguiu acumular uma fortuna de 1 milhão de francos, Marcel decidiu se aposentar, e já rico, comprou um castelo na Normandia e revelou a sua técnica, partilhando-a com os seus colegas. 

Como todas as grandes invenções da humanidade, as pinças de Marcel alcançaram o sucesso, porque elas permitiam que o cabeleireiro fizesse uma ondulação perfeita, e de uma forma que ao mesmo tempo era 'brilhantemente' simples: aquecido no fogão a gás, as pinças em ferro eram aquecidas com o côncavo virado para baixo, facilitando a marcação máxima das ondas.  

Além da marca com seu nome, Marcel Grateau também patenteou o seu próprio penteado com brilho, entre muitas outras invenções, consolidando sua reputação e sua fortuna. Marcel tinha clientes que eram da nobreza e famosas. O cabeleireiro foi um personagem ao mesmo tempo amado e odiado, principalmente no meio dos profissionais, atraindo inúmeras críticas invejosas - porque uma vez que ele já tinha se mudado da Normandia e ido para Paris, ele ainda era conhecido como o cabeleireiro artista mais brilhante da época, referindo-se a ele como o "Anjo do Ripple.” 

No seu 70º aniversário, em 1922, Marcel voltou para a capital para receber uma homenagem no lendário Luna Park. Até então, o "Marcel Wave,” ainda estava em vigor, e há 40 anos no mundo e dando frutos.

O Museu de História do Cabeleireiro de Raffel Pages em Barcelona abriga um modelo original do famoso ferro Marcel, bem como várias fotografias da época e material bibliográfico.















  •  

Related items

  • Grandes Nomes da Coiffure Nacional: Jacques Goossens 16 Abril 2015

    Francês de nascença, Jacques Goossens se tornou um dos mais brasileiros profissionais do setor. Construiu uma marca conceituada e reconhecida pela qualidade, que começou juntamente com sua esposa Janine, em 1958.

  • História dos Cabelos: Guillaume, o inquieto visionário 16 Abril 2015

    Um homem de muitos talentos e um verdadeiro visionário, Guillaume Guglielmi, é uma das figuras-chave para compreender a evolução do cabeleireiro no século XX.  

  • Cabelos e Suas Histórias: O cabelos dos deuses do Olimpo 16 Abril 2015

    Os cabelos e as barbas dos homens da Grécia antiga eram inspirados em seus grandes heróis: Aquiles, Menelau, Paris... e foram descritas por Homero como homens bonitos tinham longos e abundantes cachos.

  • Cabelos e Suas Histórias: As perucas egípcias 16 Abril 2015

    A sociedade egípcia dava especial atenção à beleza e à moda. A grande maioria da população egípcia usava perucas e não apenas para disfarçar a calvície... perucas eram usadas como forma de higiene, religiosidade e estética.

Todos os direitos reservados * Copyright 2015 * Revista Estetica * Edizioni Esav s.r.l. * email: contato@amabeleza.com.br * Privacy Policy login | Powered by coolshop

popup - Wisepops - script

Cookies - BR