top news

Notícias

Gente: Neandro Ferreira, criador de moda

Quinta, 19 Março 2015 15:28

Dividido entre duas cidades, Rio de Janeiro e Londres, o hair designer adapta as novas tendências do velho continente a cortes e cores com a cara da brasileira,

valorizando o glamour e a personalidade das clientes.  Dono de mãos e tesouras precisas, Neandro Ferreira não hesita ao lançar tendência com seu estilo ímpar e altamente qualificado.

São 20 anos de uma carreira rica em criatividade e vanguardismo, que começou na década de 1980, em Londres, quando buscou conhecimento e inspiração em uma das mais conceituadas academias de cortes do mundo: a Vidal Sassoon.

“Foi onde aprendi a pegar em um par de tesouras e me apaixonei pela técnica precisa de geometria e design que permite criar cortes ultramodernos a partir de desenhos clássicos. Sassoon é alta costura, a alfaiataria dos cabelos. é lá que me reciclo e me reeduco constantemente.”

Quando está no Rio de Janeiro, Neandro atende no TP Beauty Lounge, sempre com agenda lotada. Entre as clientes, muitas atrizes globais. O trabalho vai além do simples corte e envolve a caracterização das personagens.

“Sou muito procurado para cortar cabelo de atrizes que interpretam personagens modernos, contemporâneos, vinculados com estilos vanguardistas de moda. Foi assim com Mayana Moura, que interpretou a Melina, uma estilista de moda na novela Passione, e com Andréia Horta, a Maria Clara de Império, uma designer de joias rica. A Globo me oferece esta oportunidade de lançar as tendências de Londres no Brasil.”

Para realizar os cortes, quando o foco é a caracterização de uma personagem, ele leva em conta seus conhecimentos em visagismo, formato de olhos, nariz e boca, altura de pescoço e personalidade. Seguindo a formação da Academia Sassoon, escolhe a cor sempre em parceria com sua equipe de coloristas, seja a londrina seja a brasileira.

No Brasil, Neandro se adapta ao convencional e cria looks comerciais. Já em Londres, no ateliê instalado em seu próprio apartamento, em Kensignton, ele tem liberdade de criar looks irreverentes e inovadores. Outro fator que o prende à Inglaterra é o fato de a profissão ser mais valorizada por lá. “Aqui o cabeleireiro ainda é desvalorizado e o trabalho visto como um que não exige empenho nem estudo. Mas isso, felizmente, está mudando.” 

     

Texto: Sandhra Cabral

  • 10363624_1784155681809513_7567403740428541357_n



  • 10930852_10205958263136424_1629501140986553444_n



  • 11013567_1786865291538552_5270633719205749436_n



  • 11017474_1782924318599316_337272477094804761_n



  •  

Related items

Todos os direitos reservados * Copyright 2015 * Revista Estetica * Edizioni Esav s.r.l. * email: contato@amabeleza.com.br * Privacy Policy login | Powered by coolshop

popup - Wisepops - script

Cookies - BR